Como parar de roer as unhas!

Olá meninas ! tudo bom com vocês ?

Imagem

Hoje vamos falar sobre esse probleminha que acompanha muita gente desde a infância , uma delas sou eu! Gente, não lembro quando comecei, mas faz muuuito tempo . Normalmente esse “costume” é associado a crises de ansiedade ou de autoestima. Não sei qual o meu motivo, mas não passo um diazinho sem roer unha, não tem jeito! rs E foi pensando em mim e em vocês que eu resolvi fazer esse post. Para isso dei uma pesquisada em algumas “soluções” para nós que somos roedores de unhas kk, encontrei esse texto e vou compartilhar com vocês.

Muitos dizem que o mau hábito tem cura. Há desde soluções mais simples, como o uso de esmaltes, até outras mais trabalhosas e que vão além dos cuidados estéticos. Vamos conhecer algumas opções sugeridas por especialistas e acabar com a mania de roer as unhas ? 

1. Identifique os momentos que despertam a mania

Roer as unhas é um alerta de ansiedade. Para lidar com o sentimento, sem destruir a aparência das mãos, que tal mapear os momentos em que você entra em crise? “Repare se isso acontece numa reunião de trabalho, no trânsito ou na hora de tomar qualquer decisão importante”, afirma a psicóloga Idáira Amoretti Santos, de Santa Catarina. Sabendo o que causa o problema, é hora de aprender a lidar com ele: você pode inventar a sua própria maneira ou buscar ajuda de um terapeuta, caso ache que será difícil acabar com a mania por si só. Mas o segredo está no autoconhecimento. (Gente, a situação é pior do que eu imaginava. rs )

2. Mantenha as unhas curtas e lixadas
Manter as unhas curtas e lixadas evita que elas se enganchem em roupas ou objetos, inibindo aquela vontade incontrolável de arrancar o pedacinho lascado – e aí dar início à roedura sem fim. Além disso, conservá-las assim dificulta o acúmulo de micróbios, sujeira e produtos químicos, explica o dermatologista Octávio. “Quem tem unhas fracas também deve evitar o uso de acetona, que aumenta a porosidade e só piora o problema”, explica o médico.

3.Faça as unhas semanalmente
Manter as unhas feitas é um grande incentivo para as mulheres pararem de roê-las. No caso dos homens, o efeito depende do uso de base: o produto, além de dar gosto ruim às unhas, deixa a superfície delas mais lisa e dificulta o atrito com os dentes. Mas reserve uma semana por mês para deixar as unhas sem esmalte. “O uso constante de acetona leva a à descamação da unha”, afirma o dermatologista. ( Essa foi a solução que mais deu certo para mim. Vejo que as unhas estão bonitinhas e tenho pena de roer kkk)

4.Teste o esmalte com gosto ruim
O uso do esmalte com gosto ruim ajuda a lembrar que roer as unhas não está com nada. Ao levar as mãos à boca – ato impulsivo na maioria das vezes – o sabor amargo serve como lembrete de que é melhor parar já com isso. “Chega um momento em que a pessoa perde a consciência de que está roendo suas unhas e o esmalte pode ajudar neste processo”, afirma a psicóloga Idáira. Antes de comprar o produto, no entanto, peça indicação de um dermatologista e se previna contra problemas relacionados à ingestão.

5. Tente unhas postiças
Existem dois tipos de unhas postiças: as compradas prontas e as que são moldadas sob medida. Nos dois casos, a estratégia é criar uma barreira sobre a superfície original e dificultar a vida de quem está acostumado a roer as unhas. Mas, assim como o esmalte de gosto ruim, o uso pede cautela. “A aplicação constante pode alterar a estrutura das unhas e deixá-las fracas. Isso pode levar à descamação e até causar infecções”, afirma o dermatologista.

6. Mastigue um chiclete
O chiclete não é solução, mas ajuda a dar uma folga para as unhas. O movimento repetitivo, quase inconsciente, também pode funcionar como uma válvula de escape para a ansiedade. “Mas a solução definitiva só vem quando você entende o que desperta a ansiedade e descobre maneiras de aliviar as crises”, afirma a psicóloga Idáira. (vou tentar ;))

7. Extravase a ansiedade
Roer as unhas é uma atitude de defesa contra a ansiedade, por isso maneiras de aliviar este sentimento ajudam a combater o mau hábito. A prática de exercícios físicos ou de atividades relaxantes, seja ouvir um CD ou escrever num blog, ocupa a sua atenção enquanto as unhas ficam de lado. (Comigo não adiantou de nada k )

Gostaram, meus amores ? Já tentei algumas dessas soluções, não deram muito certo, mas não custa nada vocês tentarem … vai que dar certo, né? rs

o texto é do site Minha vida.

A paz do Senhor!

beeeeijos :* Náh.